26 de julho de 2011

Período de Socialização do Filhote.


Os filhotes devem ficar com a mãe do nascimento até, no mínimo, o 50º dia (o ideal é que fiquem até os 2 meses com a mãe). Nesse período eles aprendem a lidar com outros cães (brincando ou brigando com os irmãos) e a aceitar a disciplina imposta pela mãe. Por isso, os filhotes retirados precocemente da mãe têm mais dificuldades de relacionamento com outros cães, são mais agressivos e respondem pouco ao treinamento.

filhotes-french-bulldog

Após esse período inicial, o cão entra no chamado período de socialização (a partir do 50º dia após o nascimento até o 85º dia). Nesta fase o filhote já é capaz de aprender tanto quanto um cachorro adulto. É muito importante, nesse período, apresentar tudo o que você puder ao cachorrinho.

Lembrando que o seu filhote ainda não estará com o esquema de vacinação completo, então não o exponha a riscos desnecessários. Converse com seu Vet sobre opções de como apresentar seu filhote ao mundo sem correr o risco de adquirir doenças.

Mas isso não deve impedí-lo de estimular o filhote. De acordo com a Sociedade Veterinária Americana de Comportamento animal (AVSAB) todos os filhotes devem receber a socialização antes de estarem completamente vacinados, tomando-se os cuidados apropriados quanto ao risco de infecções. Assim, evite colocá-lo no chão de lugares públicos (mas isso não quer dizer que você não possa levá-lo aos lugares no colo) e garanta que todos os contatos sejam com animais saudáveis e vacinados.

socialização de filhotes

Então... como começar a socialização?

A socialização do filhote já deve começar assim que você o traz para casa: Depois de visitar o veterinário e verificar que está tudo bem com seu filhote você deve começar, em casa, a acostumá-lo aos novos sons, cheiros e lugares da sua casa. Depois de alguns dias você já poderá sair pela cidade (sempre com ele no colo, ou passeios de carro);

Ande com seu filhote por aí: No colo você poderá a ele novos cheiros, barulhos altos do tráfego (como motos, caminhões), várias pessoas diferentes. Você já pode começar o adestramento com reforço positivo, por exemplo: assim que seu filhote ouvir uma sirene você pode utilizar o clicker e dar um petisco, assim ele irá associar os barulhos a coisas boas (o petisco);

Crianças: Se você não tem filhos, é interessante que você traga alguma criança (sobrinho, afilhado, primo) para brincar com o filhote na sua casa (sempre com a sua supervisão);

Alimentação: Quando seu filhote estiver comendo, fique perto, mexa na comida às vezes, com isso você poderá evitar agressões futuras relativas à comida;

Superfícies diferentes: Deixe seu filhotes, se possível, experimentar várias superfícies diferentes, como madeiras, porcelanatos, cerâmicas, carpetes (cuidado com as vacinas, coloque-o somente em locais controlados onde você tem certeza que não irá expor seu filhote a riscos);

Brinquedos variados: Apresente ao seu filhote vários brinquedos diferentes: bolas, bichos de pelúcia que fazem barulhos, ossos;

brinquedo-filhote-cachorro
Fonte: www.adestramentoresponsavel.com
Ruídos diferentes: Além dos sons da rua, você deve mostrar outros sons para seu filhote, por exemplo: aspirador de pó, bater de uma porta, barulho de um cortados de grama, campainha, barulho de crianças brincando (sempre usando o reforço positivo com o clicker);

Cuidado para não traumatizar seu cão! Em relação à fogos de artifício em dias de festas e jogos, tenha uma atenção maior com seu filhote, tente distraí-lo brincando, dando petiscos, enfim, não o exponha em excesso.

Movimentos diferentes: Novamente, com ele no colo, mostre pessoas de bicicleta, carrinhos de bebê, pessoas andando de patins, skate, pessoas correndo, crianças jogando bola;

A importância da socialização é grande, pois o isolamento do filhote nessa fase pode levar a redução do interesse e da procura de contato com pessoas e outros animais. Pode ocasionar imaturidade, comportamento anormal, agressividade por medo e deficiência no aprendizado.

Um filhote social é aquele que conhece as regras de convivência, interação, como se aproximar e recuar, como demonstrar suas intenções, entende a hierarquia e aceita as regras e limites impostos.

Cada cachorro é diferente, podendo apresentar reações diferentes aos diversos estímulos, por isso, caberá à você trabalhar cada reação de seu filhote

Socializar seu cãozinho é, com certeza, muito importante, isso evitará problemas de comportamento futuros e, também, fará com que seu cão seja mais equilibrado e sociável.

french bulldog and english bulldog
Fonte: Photo by Solutionsoap

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por participar do blog e compartilhar sua opnião!

Ao deixar seu comentário você automaticamente autoriza sua reprodução e publicação.

Não serão publicados:

- Comentários que contenham ofensas ou palavrões;
- Comentários que não tenham relação com o post em questão;
- Comentários Anônimos;
- Propagandas em geral.

Leia os Termos de Uso do blog.